Arapongas: Incentivo a Leitura Piquenique Literário encanta alunas das Damas de Caridade

Read Time:1 Minute, 16 Second

A prefeitura de Arapongas, através da Secretaria da Cultura, Lazer e Eventos realizou na tarde desta sexta-feira, 25, um Piquenique Literário para alunas da Associação das Damas de Caridade “Maria Edna Grassano”, que também marcou o encerramento da Exposição sobre a Semana da Biblioteca e do Livro.

Na oportunidade foram desenvolvidas diversas atividades de integração das crianças com a leitura e dissertação de textos, tendo como principal motivo incentivá-las a literatura por meio de momentos lúdicos.

Também teve contação de história com Luciene Madeira, presidente da Sociedade Amigos da Biblioteca e esquete de palhaços, com co-participação da funcionária Soraya Bernardes e o que não poderia faltar para completar a alegria das crianças: distribuição de algodão doce e pipoca.

As meninas estiveram acompanhadas da diretora das Damas de Caridade, Angela Figueiredo, da professora Luana Pinetti e da professora de literatura criativa, Geneci A. Santos, que agradeceram à agradável tarde proporcionada as alunas e destacaram a importância do conteúdo apresentado, que vem somar aos projetos de incentivo a literatura desenvolvidos pela entidade.

Jogos Florais

Acontecerá no próximo domingo a abertura dos 34º Jogos Florais de Arapongas, que neste ano contará com a participação de 24 instituições, entre Escolas Municipais, Colégios Estaduais ONG’s, Academias e Escolas de Dança, totalizando quase 400 pessoas envolvidas nas diversas apresentações culturais do evento, que vai até o dia 1 de novembro.

SERVIÇO

Abertura dos 34º Jogos Florais

Data – 27/10

Horário – 15h00m

Local – Cine Teatro Mauá

Endereço – Rua Uirapuru, 55 – Centro

Fonte: Prefeitura de Arapongas

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %
Previous post Londrina: Adolescente de 17 anos é morta pelo ex-namorado na Zona Norte
Next post Arapongas: Reunião discute situação de pessoas que “garimpam” no Aterro Sanitário