Arapongas: Prefeitura restaura pórtico de acesso à Colônia Esperança

Read Time:1 Minute, 3 Second

Atendendo a um pedido feito por representantes de famílias pioneiras na Colônia Esperança, a Prefeitura de Arapongas recuperou o pórtico de acesso à região. “O pórtico tem um valor simbólico e histórico para todos que vivem ou viveram naquela região, sempre interessados em preservar a memória das famílias pioneiras”, afirma Jair Milani, lembrando que a comunidade recebe inúmeros visitantes, inclusive através da Festa do Ovo e do Abacate.

A colônia foi fundada em 1935 pelas primeiras famílias japonesas católicas que trocaram as terras inférteis da cidade de Promissão, no interior de São Paulo, pelos lotes que a Companhia de Terras do Norte do Paraná estava abrindo aqui na região. Era usual a Companhia negociar algumas terras com comunidades específicas, de forma que pessoas da mesma etnia, religião ou país pudessem desenvolver suas propriedades. No caso do lote onde se formou a Colônia Esperança, a Companhia destinou mil alqueires para que a colônia nipo-católica que não conseguia prosperar em Promissão, onde a terra era mais pobre, viesse para Arapongas. Inicialmente, chegaram 50 famílias, estabelecendo-se numa área de 600 alqueires. Em terras mais férteis, elas não só ajudaram a plantar e a cultivar o progresso do município, como também cultivaram sua religião e a tradição japonesa.

Fonte: Prefeitura de Arapongas

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %
Previous post Arapongas: Beneficiários do BPC devem atualizar cadastro, adverte a Semas
Next post Arapongas: Título reconhece TV Arapongas como projeto inovador da Rede Cidade Digital