Arapongas: Projeto Piloto “Cozinha Escola” é apresentado durante V Conferência Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional

Read Time:2 Minute, 10 Second

Arapongas participou nos dias 5 e 6 de agosto, da V Conferência Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional, realizada em Curitiba. O evento que contou com a presença de aproximadamente 300 pessoas, teve como tema: “Comida no Campo e na Cidade: o que Temos e o que Queremos?”, com o objetivo de ampliar e fortalecer os compromissos para a promoção da soberania alimentar e do direito humano à alimentação adequada.

Representando o município, a secretária de Segurança Alimentar e Nutricional, Niele Melo e equipe, apresentaram o projeto” Cozinha Escola” – do Centro de Referência Nutricional e Alimentar de Arapongas (CERENA). “Reformulamos outro projeto de cozinha comunitária, transformando-o em Cozinha Escola. Ele consiste na capacitação e geração de renda. Com isso vamos garantir R$150.000,00 em recursos para compra de equipamentos novos de panificação e cursos nas áreas de gastronomia como confeitaria, panificação, pizzaiolo, bolos, caldos e sopas, auxiliar de cozinha entre outros. Será um aporte para capacitação e geração de renda para as famílias cadastradas nos CRAS ”, explica Niele. Ainda durante o encontro, tal iniciativa foi anunciada como projeto piloto. Toda a documentação necessária para formalização do projeto já se encontra em fase final.

A conferência em Curitiba foi precedida de etapas em 383 municípios e encontros em 14 macrorregiões, com participação de mais de 20 mil pessoas. Das discussões resultarão um conjunto de ações e diretrizes para aperfeiçoar políticas públicas de acesso a alimentos de qualidade, melhoria do abastecimento, sustentabilidade, futuro da agricultura familiar, redução de desperdício, entre outros. Eles vão compor o plano para o quadriênio 2020-2023.

Na abertura do encontro, o secretário estadual da Agricultura, Norberto Ortigara, destacou as ações que o Estado tem implantado com vistas à garantia de alimentação adequada tanto em relação à produção quanto no preparo e destinação de resíduos. “O nosso propósito é a redução da insegurança alimentar”, afirmou. Para ele, é importante que haja recursos orçamentários definidos para esse fim. “Mas a superação da fome não passa só por isso, ela passa pela articulação, pela construção de soluções locais de entrosamento e de parceria”, disse.

A realização das conferências é um componente obrigatório na estruturação do Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Sisan). Ele foi instituído em 2006 pela Lei Orgânica de Segurança Alimentar e Nutricional com o objetivo de assegurar o direito humano à alimentação adequada.

Nesta quarta-feira (07), a secretária Niele Melo, participará de uma audiência com o Secretário de Estado da Justiça, Trabalho, Ney Leprevost, para liberação de verba para a ampliação e readequação do espaço do CERENA, além de receber novos equipamentos.

Fonte: Prefeitura de Arapongas

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %
Previous post Arapongas: Jogos Escolares do PR Bom de Bola tem início no próximo dia 12
Next post Arapongas: Patrulha Maria da Penha realiza 185 atendimentos nos primeiros seis meses