Londrina: Evento reúne comunidade com atividades de cultura e lazer no Vale do Rubi

Read Time:4 Minute, 33 Second

Um grande evento que pretende reunir moradores da região oeste, food trucks, apresentações culturais e esportivas, projetos de educação ambiental e outras atrações ocorre neste domingo (18), no fundo de vale que circunda o Córrego Rubi. O “Vale do Rubi, Viva!” terá uma programação variada para receber pessoas de todas as idades, das 8 às 18 horas, no Vale do Rubi. Concentrado na Rua Júlio Prestes, esquina com Rua Foz do Iguaçu, o evento conta com apoio e participação da Prefeitura de Londrina.

As atividades programadas para domingo (18) incluem recreação para as crianças, passeios guiados pelo Vale do Rubi, oficina de origami, exposição de carros antigos, vespas e lambretas, mais apresentações circenses. A Biblioteca Móvel Ambiental da Prefeitura estará no evento, disponível para crianças e adultos, das 13 às 17 horas. A comunidade poderá visitar o ônibus, repleto de publicações, como histórias em quadrinhos, livros e revistas, com informações de educação ambiental. O ônibus também exibe vídeos e filmes educativos, sobre os temas relacionados ao meio ambiente.

O “Vale do Rubi, Viva!” é uma realização da Associação dos Nove Bairros (ANB), em parceria com a Associação de Moradores da Rua Hiroko Yoshimoto (AMOHY). Tem ainda o apoio das paróquias Rainha do Universo, Rainha dos Apóstolos e Nossa Senhora Auxiliadora.

Após reuniões entre os moradores, os representantes das associações foram encaminhados pela Prefeitura ao Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Londrina (IPPUL). O órgão propôs desenvolver um projeto de revitalização para o Vale do Rubi, em parceria com as associações, cuja área total mais entorno possui cerca de 71 mil metros quadrados. “O IPPUL disponibilizou, no mês de julho, um questionário online para a população sugerir melhorias e intervenções que consideram ser necessárias. O resultado será apresentado no evento deste domingo (18). Na sequência, a equipe do IPPUL realizará uma oficina, para juntos iniciarmos a elaboração deste projeto de revitalização”, informou o vice-presidente da ANB, e um dos organizadores do evento, Euclides Nandes Correia.

Para o vice-presidente da ANB, um dos principais objetivos do evento, além de iniciar o planejamento de ações que deverão ocorrer no Vale do Rubi, é reunir famílias e moradores na área, incentivando o uso do espaço pela comunidade. “Queremos que Londrina conheça o potencial que o espaço tem, para receber ações e eventos esportivos, de lazer, cultura, entre outros.  Nossa expectativa é unir o meio ambiente com a pessoa humana, ouvindo a população que vive nas imediações ou frequenta a área. Por isso criamos este evento, para que as pessoas comecem a aproveitar mais o Vale do Rubi e sonhem com um espaço público digno para Londrina”, explicou.

Serviços municipais – A Prefeitura de Londrina já executou diferentes ações no Vale do Rubi, como a capina e limpeza, feitas pela Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU), juntamente com limpeza dos bueiros. A Secretaria Municipal do Ambiente (SEMA) erradicou 80 árvores que estavam condenadas, atendendo inclusive pedidos que foram protocolados pelos moradores da região. E a SEMA aguarda um clima mais favorável para efetuar o replantio de novas espécies de árvores, substituindo as que foram removidas nos meses de julho e agosto. Também está programada, para as próximas semanas, a poda das árvores que ficam no entorno do Vale.

Ainda nas proximidades do Vale do Rubi, a Sercomtel Iluminação (SI) está modernizando, com luminárias LED, 95 pontos de luz nas ruas das imediações. As vias estão recebendo, desde segunda-feira (12), luminárias do padrão LD-01, que são as mais fortes dentre as utilizadas pela SI. A região ficará bem iluminada, o que auxilia a inibir a prática de crimes e oferece mais sensação de segurança para a população, à noite.

Programação do evento – Dentro do rol de ações que vão ocorrer durante o “Vale do Rubi, Viva!”, cerca de 30 alunos do 5º ano da Escola Municipal Melvin Jones irão, junto com familiares e professores, plantar 25 mudas de árvores nativas na mata ciliar das nascentes localizadas no Vale do Rubi, entre as ruas Foz do Iguaçu e Prudente de Moraes.  A saída para o plantio das mudas, que foram obtidas com o Viveiro Florestal do Instituto Ambiental do Paraná (IAP), será às 9h30, com concentração na escola. O endereço da unidade é Rua Afonso Pena, 91.

E domingo (18), as atividades começam às 8 horas, com concentração dos participantes, seguida de culto ecumênico, conduzido por ministrantes de igrejas católicas e evangélicas. Às 10h30, equipe técnica do IPPUL apresenta o resultado do questionário online sobre o Vale do Rubi, e inicia a oficina com exibição de diretrizes e conceitos sobre os fundos de vale de Londrina, fotos áreas do local e dados obtidos com levantamento topográfico da área.

Pouco antes do meio-dia, a comunidade se reúne para um abraço no Vale do Rubi, e na sequência haverá performance de skatistas na pista half pipe, localizada na esquina das ruas Foz do Iguaçu e Júlio Prestes. Às 13h15, começam as apresentações culturais, com Orquestra da Associação Solidariedade Sempre, grupos de jovens católicos, Matsuri Daiko, e coral. A programação finaliza com partidas no campo de futebol, às 16 horas, e o encerramento das atividades será às 18 horas.

Para a imprensa: outras informações podem ser obtidas com o vice-presidente da ANB, Euclides Nandes Correia, celular disponível no N.Com, 3372-4188; Escola Municipal Melvin Jones, no telefone (43) 3375-0147; com a SEMA, pelo 3372-4768; e Sercomtel Iluminação, no 3375-1100.

Fonte: Prefeitura de Londrina

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %
Previous post Apucarana: Expoagri abre com expectativa de público de 20 mil
Next post Arapongas: Patrocinadores da MostraMóveis e Congresso Moveleiro apostam na otimização de negócios