Maringá: Decreto de estado de emergência fecha comércio e shoppings

Read Time:1 Minute, 7 Second

Na manhã desta quarta-feira 18, o prefeito Ulisses Maia de Maringá, decretou Estado de Emergência e determinou o fechamento do comércio no município, entre outras medidas de impacto com a finalidade e prevenir e frear a contaminação do Coronavírus.

Em coletiva de imprensa o Prefeito informa que o fechamento do comércio será a partir da próxima sexta-feira, 20.

Nós decidimos não paralisar o transporte coletivo neste momento e optamos por fechar o comércio, shoppings, bares e restaurantes”…

É preciso o sacrifício de todos. As pessoas devem ficar em casa. É hora de união, porque sozinhos não conseguiremos vencer a batalha contra o vírus”. foram palavras do prefeito de Maringá.

Somente supermercados, clínicas de saúde, unidades básicas de saúde e hospitais permanecerão em funcionamento.

Em caso de descumprimento do decreto o comerciante pode ser multado. O valor varia entre R$ 300 e R$ 5 mil.

O prefeito determinou ainda que equipes da prefeitura trabalhem durante 24 horas no aeroporto e na rodoviária verificando a situação de saúde de todos os passageiros que chegam na cidade.

O prefeito pede à população de não estocar alimentos e produtos e informa que vai impor aos supermercados de limitação de compras por família.

Os municípios da Região Metropolitana de Maringá serão convidados para decretar mesmas medidas.

Prefeito Ulisses Maia de Maringá em coletiva de imprensa informa o fechamento do comercio

Prefeito Ulisses Maia de Maringá em coletiva de imprensa informa o fechamento do comercio como forma de combater a propagação do Coronavirus

Posted by WEBTV DDD43 on Wednesday, March 18, 2020

Fonte: Prefeitura de Maringá

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %
Obituário Prever Previous post Prever Arapongas informa: Obituário dia 18 de março de 2020
Next post Arapongas: Amepar reúne prefeitos e secretários para articular ação regional sobre o coronavírus