Maringá: Em menos de um mês, aplicativo tem 464 pedidos de castrações solicitados

Read Time:1 Minute, 23 Second

O aplicativo “Petis”, inaugurado pela Prefeitura de Maringá, por meio da Secretaria de Meio Ambiente e Bem-Estar Animal (Sema), no dia 21 de maio, já conta com 464 pedidos para castrações. A plataforma tecnológica foi lançada com objetivo de facilitar solicitações de castrações de cães e gatos no município. A liberação de pedidos ocorre de forma digital, onde o contribuinte abre o processo usando seu próprio Smartphone.
O aplicativo pode ser baixado de forma gratuita nas lojas para sistemas iOs e Android. Por meio do Petis, o contribuinte registrará seu animal adicionando foto e obtendo o RGA (Registro Geral do Animal). Visualizará o status do seu pedido de castração e ao final avaliará o atendimento da clínica que realizou o procedimento.
O procedimento de castração oferecido pelo município é destinado a cães e gatos, com no mínimo três meses e no máximo sete anos de idade, de qualquer sexo, sem raça definida (vira-latas) e com boas condições de saúde. A castração pública atende apenas animais de rua e de associações e protetores independentes cadastrados.
Outras funcionalidades também constam no aplicativo: procedimento de adoção, doações, informativos sobre eventos da Diretoria de Proteção e Bem-Estar Animal/SEMA e realização de censo populacional. Além disso, a ferramenta oferece informações em tempo real aos tutores de animais com prioridades no atendimento, dados sobre os animais contemplados no programa de castração (espécies, tipos, porte, idade), acompanhamento de animais adotados em feiras com monitoramento de vacinas e outros.
SAIBA MAIS: Diretoria de Bem-Estar Animal Avenida Laguna, 668 Telefone: 3901-1885
De segunda a sexta, das 8 às 11h30 e das 13h30 às 17 horas

Fonte: Prefeitura de Maringá

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %
Previous post Apucarana: perde o pioneiro Pedro Preto
Next post Estado do Paraná: Na segunda edição, Prova Paraná vai avaliar a fluência dos alunos