Apucarana: Chegada do acelerador linear garante radioterapia no Providência

Read Time:3 Minute, 20 Second

Uma grande logística foi montada para fazer o descarregamento do acelerador linear que vai garantir o atendimento de radioterapia em Apucarana. A Unidade de Tratamento de Câncer do Hospital da Providência recebeu o equipamento nesta quarta-feira (20/11), que é o mais moderno do Paraná e cuja peça principal pesa mais de cinco toneladas. Além de dois caminhões, a operação contou com guindaste e empilhadeira, sendo também necessária a interdição parcial da Rua Osório Ribas de Paula.

O início dos trabalhos foi acompanhado pelo prefeito de Apucarana, Junior da Femac, por Altimar Carletto, chefe da 16ª Regional de Saúde, pela diretora-geral do hospital, irmã Geovana Aparecida Ramos, e pelo diretor-executivo, Guilherme Borges, além de médicos, profissionais do setor de oncologia e pacientes.

Classificando o momento como histórico, Junior da Femac lembrou que o acelerador linear foi viabilizado mediante a intermediação do ex-prefeito e atual secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, e do deputado federal Sérgio Souza, junto à direção da Itaipu Binacional. O equipamento importado dos Estados Unidos teve um custo de cerca de R$ 5 milhões. “Vivemos em Apucarana um momento de união em torno da cidade, em todos os setores, o que proporciona que coisas maravilhosas como essa aconteçam. Até pouco tempo atrás era impensável que Apucarana teria o equipamento de radioterapia mais moderno do Paraná e um dos mais modernos do País”, ressalta.

Junior da Femac também salienta a união da Prefeitura, Hospital da Providência e sociedade civil organizada para viabilizar os recursos para a construção da Unidade de Tratamento de Câncer. “O Município, com a aprovação da Câmara de Vereadores, repassou R$ 1 milhão como contribuição para a construção da unidade onde o acelerador está sendo instalado. A obra começou em fevereiro e já está 95% finalizada. Tudo aconteceu conforme planejado. Enquanto o equipamento era produzido nos Estados Unidos, as obras da unidade eram executadas e tudo transcorreu no tempo exato”, avalia, lembrando que o investimento total na unidade será de cerca de R$ 8 milhões, somando a estrutura física e equipamentos.

O prefeito destaca que o Hospital da Providência já mantinha um centro de oncologia, com consultas, quimioterapia e cirurgias. “A partir de agora, o setor estará completo com o serviço de radioterapia e os pacientes não precisarão mais se deslocar até Londrina para serem atendidos. Quem tem um familiar que já fez radioterapia sabe como o paciente sai das sessões. Nas primeiras, a pessoa responde bem, mas na terceira ou quarta sessão Londrina já começa a ficar bastante distante, pois o paciente vai se debilitando durante o tratamento”, pontua.

De acordo com a irmã Geovana, o equipamento levará cerca de dois meses para ser totalmente montado. Nos próximos dias, uma equipe de especialistas norte-americanos vai trabalhar na instalação do aparelho. “O equipamento veio totalmente desmontado. Acreditamos que os técnicos e engenheiros levarão duas semanas para montar a base e mais uns 30 ou 40 dias para montar o restante. É um serviço complexo, que envolve mecânica, logística de dados e informatização”, explica a diretora do hospital.

Ainda de acordo com a irmã Geovana, o ambiente onde ficará o aparelho de radioterapia foi devidamente preparado para a colocação do equipamento. “As paredes da sala têm uma grande espessura e são revestidas com aço para isolar a radiação liberada pelo aparelho”, frisa, afirmando que a estrutura deverá atender 70 pessoas diariamente. “Caso tiver ainda mais procura, vamos abrir um terceiro turno e se for necessário vamos atender à noite também para que não haja fila de espera. Esse é o nosso compromisso com a população e os nossos apoiadores”, reitera.

Com área total de 368 metros quadrados, além do bunker que receberá o equipamento, a unidade de radioterapia contará com uma área de apoio composta por sala de espera do acelerador linear, posto de comando do acelerador linear, sala de espera, box de troca de roupa, sala de confecção de máscaras, dois consultórios, sala de planejamento, copa, DML, sala de atividades e banheiros.

Fonte: Prefeitura de Apucarana

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %
Previous post Ex-diretor-geral do Detran-PR é preso em operação sobre irregularidades em credenciamentos de empresas.
Next post Dia da Consciência Negra: somos todos irmãos