Dia da Consciência Negra: somos todos irmãos

Read Time:48 Second

Hoje (20/11) é o Dia Nacional da Consciência Negra e a Biblioteca Municipal “Machado de Assis” não poderia deixar de homenagear essa importante data, que além de promover uma reflexão sobre a importância do povo e da cultura afro-brasileira, também nos sugere uma alusão ao Patrono da Biblioteca, Joaquim Maria Machado de Assis, um pobre, negro e portador de epilepsia, que se tornou um dos mais célebres escritores brasileiros e fundador e primeiro presidente da renomada Academia Brasileira de Letras.

Aos nossos irmãos afro-descentes segue homenagem da Secretaria Municipal de Cultura pela Passagem do “Dia Nacional da Consciência Negra” através de poema de Machado de Assis:

Pensa em ti mesmo, acharás
Melhor poesia,
Viveza, graça, alegria,
Doçura e paz.

Se já dei flores um dia,
As que ora dou têm assaz
primazia.

Uma só das horas tuas
Valem um mês
Das almas já ressequidas.

Os sóis e as luas
Creio bem que Deus os fez
Para outras vidas

Fonte: Prefeitura de Arapongas

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %
Previous post Apucarana: Chegada do acelerador linear garante radioterapia no Providência
Next post Arapongas: Semad se moderniza para fazer frente às demandas