Pedofilia em Arapongas: Megaoperação em 26 Estados, 6 presos no Paraná, 01 em Arapongas

Read Time:1 Minute, 32 Second

Ação denominada “Luz da Infância 4” cumpre 266 mandados de busca e apreensão em 26 Estados por crimes relacionados a exploração sexual infantil.

A Polícia Civil realiza na manhã desta quinta-feira, 28, operação nacional contra abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes praticados na Internet.

A ação, denominada “Luz na Infância 4”, cumpre 266 mandados de busca e apreensão de arquivos com conteúdos relacionados aos crimes de exploração sexual. No Paraná foram realizadas 6 prisões, 1 em Arapongas.

Os seis homens presos tem idade entre 23 e 53 anos, e estavam em posse desses arquivos relacionados com pedofilia, eles foram presos em flagrante. Todos foram identificados pela equipe do Laboratório de Inteligência Cibernética da Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça, com base em informações coletadas na internet. 

Em Arapongas o alvo foi a residencia de um pastor aonde foi detido um jovem de 32 anos estudante de Química na Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UFTPR) de Apucarana. O jovem morava de favor na casa do pastor e tinha farto material pornografico infantil em seu computar que foi apreendido para perícia.

A força-tarefa coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) envolveu Polícias Civis do Distrito Federal e de 26 Estados.

Ao todo, foram mobilizados mais de 1.500 policiais para o cumprimento da missão. A ação desencadeada é decorrente de cooperação mútua entre a Diretoria de Inteligência e a Diretoria de Operações, ambas vinculadas à Secretaria de Operações Integradas do MJSP.

A pena para quem armazena esse tipo de conteúdo varia de 1 a 4 anos de prisão, de 3 a 6 anos de prisão por compartilhar e de 4 a 8 anos de prisão por produzir conteúdo relacionado aos crimes de exploração sexual.

Fonte:  Policias Civis em varios estados.

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %
Previous post Arapongas: Servidores terão 6% de reajuste salarial
Next post Arapongas: Índio ameaça GM ao ser detido com celular