Profissionais são capacitados para registro de doses aplicadas contra a Covid-19

Read Time:2 Minute, 0 Second

A Secretaria de Estado da Saúde realizou nesta quinta-feira (07) vídeoconferência para capacitar as equipes técnicas das 22 Regionais de Saúde com instruções sobre o cadastro prévio no Sistema de Cadastro de Permissão de Acesso (SCPA) e Operacionalização do Módulo Covid-19 do Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações (SI-PNI).

“A capacitação faz parte das ações que antecedem a vacinação contra a Covid-19. Assim que as doses chegarem estaremos com nossas equipes preparadas para todas as etapas do processo junto ao sistema nacional”, disse o secretário estadual da Saúde, Beto Preto.

Segundo ele, o êxito da campanha de vacinação contra o coronavírus não dependerá apenas das doses e insumos mas, principalmente, do comprometimento de cada profissional envolvido. “Temos certeza que o Paraná vai corresponder às expectativas, pois já tem reconhecimento nacional pelo trabalho desenvolvido em campanhas anteriores junto ao Programa Nacional de Imunizações”.

INSTRUÇÕES – Para a campanha nacional de vacinação contra a Covid-19, o registro da dose aplicada será nominal/individualizado.

Os registros deverão ser feitos no Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações (SI-PNI) em todos os pontos de vacinação.

“O conteúdo repassado nesta capacitação que diz respeito a informações técnicas, principalmente sobre alimentação do sistema de dados durante a campanha de vacinação, que serão transmitidas pelos técnicos das regionais de saúde às equipes de todos os municípios, que atuarão nas 1.850 salas de vacinação do Paraná”, destacou a diretora de Atenção e Vigilância em Saúde da secretaria, Maria Goretti David Lopes.

Para a campanha nacional de vacinação contra a Covid-19, o Datasus desenvolveu um módulo especial para receber os dados de todos os estados e que contempla informações como registro de vacinados, público-alvo, origem e lote de vacinas, entre outros.

NACIONAL – A diretora da secretaria estadual da Saúde reforçou a informação de que o Paraná seguirá todos os processos e procedimentos adotados pelo PNI na campanha de vacinação contra o novo coronavírus.

O Programa Nacional de Imunizações (PNI), criado em 18 de setembro de 1973, é responsável pela política nacional de imunizações e tem como missão reduzir a morbimortalidade por doenças imunopreveníveis, com fortalecimento de ações integradas de vigilância em saúde para promoção, proteção e prevenção em saúde da população brasileira.

“É um dos maiores programas de vacinação do mundo com 47 anos de expertise na área”, destacou Maria Goretti David Lopes.

Fonte: AEN – PR

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %
Previous post Arapongas: Caminhões, tratores e maquinários recebem limpeza durante recesso
Next post Arapongas: Novos 43 casos de Covid-19 são registrados, 51 curados e um óbito