Arapongas: CMEI Profa. Maria Hilda Grassano é inaugurado em clima de festa

Read Time:3 Minute, 38 Second

Um dos momentos mais emocionantes da série de inaugurações que marcou a festa dos 72 anos de Arapongas ocorreu na manhã de sábado (12), no Jardim San Raphael. Foi a inauguração do CMEI Professora Maria Hilda Santiago Grassano. “Este é um momento muito importante para nós porque, de um lado garante uma obra de peso em uma região da cidade que realmente necessita desse investimento; de outro, ela nos permite homenagear a dona Maria Hilda Santiago Grassano, que realizou importante trabalho como professora e como primeira-dama”, afirmou o prefeito Sérgio Onofre. Ele saudou todos os familiares e disse que o CMEI é mais um compromisso cumprido e uma prova de como a administração vem priorizando os setores básicos, como saúde, educação e segurança.

Construído na Rua Maitaca Roxa, esquina com Caburé Canela, com recursos do Fundo Nacional de Educação (FNDE), o CMEI tem capacidade para atender 250 crianças. São 1.510,23 metros quadrados de área construída e investimentos da ordem de R$ 2.262.468,98. A solenidade contou com a presença de familiares da homenageada, vereadores, secretários municipais, lideranças empresariais e religiosas e representantes de entidades.

Ex-prefeito e ex-deputado estadual, José Colombino Grassano discursou em nome da homenageada, que é sua falecida esposa, e da família. “O prefeito Sérgio tem procurado, através das obras, manter viva a história das pessoas que trabalharam por Arapongas. Essa homenagem nos honra muito”, afirmou Colombino Grassano. Ele fez um rápido resumo sobre os dois ciclos vividos pelo município – o da agricultura, sobretudo com a pujança da cultura cafeeira e que levou o IBC a construir aqui o maior armazém do Paraná – e o da industrialização. Colombino destacou também o trabalho para trazer algumas empresas para o município, como o Moinho de Trigo, após tratativas com Paulo Kümmel, que a princípio ia levar a empresa para Apucarana. Na sequência, o ex-prefeito avaliou algumas ações que estão sendo realizadas hoje por Sérgio Onofre, como o trabalho para implantar no município o câmpus do IFPR e novos empreendimentos que consolidem Arapongas como polo também nas áreas de saúde e serviços. “E faz isso sem descuidar do lado humano, como lembrar através das obras a história de quem contribuiu com o município. Não se administra só com a cabeça, mas também com o coração, que é sensível aos anseios das pessoas”, frisou Colombino Grassano.

O secretário municipal da Educação, Luiz Roberto dos Santos, o Professor Peta, fez um paralelo entre a administração atual e as gestões de Colombino Grassano. “Assim como ele administrou olhando para o futuro, primeiro aproveitando o potencial agrícola do município e depois apostando firme na industrialização, a atual administração está empenhada para que Arapongas avance ainda mais em áreas como a industrialização, a saúde e a educação. É isso que nos faz comemorar os 72 anos cheios de otimismo em relação ao futuro”, avaliou o secretário. Padre Rezende e os pastores Eder e Abrahão conduziram a parte religiosa do evento.

Saiba mais sobre o perfil da homenageada

– Nasceu em Santo Anastácio, SP, em 13 de maio de 1926

– Filha de Antônio Gomes Santiago e Alice de Jesus Batista, fez seus estudos em Botucatu, SP, no Colégio Santa Marcelina

– Após a conclusão do Curso de Magistério, veio para Londrina, onde seus pais já tinham fixado residência

– Sua primeira nomeação como Professora Normalista foi para o Grupo Escolar Hugo Simas, em Londrina

– Em 1951, após seu casamento com José Colombino Grassano, requereu transferência para Arapongas, sendo nomeada para o Grupo Escolar Marquês de Caravelas

– De seu casamento, nasceram quatro filhos: Suely, Sílvia, José Ricardo e Sônia

– Durante os mandatos de Prefeito de seu marido, participou ativamente como Presidente da Associação de Proteção à Maternidade e à Infância do Município, com ações que muito ajudaram as famílias mais carentes

– Também promoveu movimentos sociais em prol de idosos carentes, com um grupo de senhoras católicas da Cidade e a assistência do Reverendíssimo Pe. Paulo Speiser

– Encerrou sua carreira como Inspetora Estadual de Ensino, junto ao Colégio Sion, em Curitiba

– Com excelente capacidade de Comunicação e grande carisma, acompanhou as atividades políticas de seu marido, sem contudo descuidar de sua família, seu bem maior e de sua Comunidade como Católica fervorosa

– Deixou um legado de Humildade, Generosidade e Caridade, do qual sua família tem muito orgulho e saudosas lembranças

– Faleceu em 31/12/2005, em Arapongas.

Fonte: Prefeitura de Arapongas

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %
Previous post Arapongas Fest 2019: Superação de expectativas e é grande sucesso
Next post Arapongas: Prefeito prestigia 65º Concurso Paranaense de Canto Japonês